quinta-feira, 21 de abril de 2011

Opinião #18: "Sedução na Noite" (Livro)

- SEDUÇÃO NA NOITE -

Capa:

Autora:
Sherrilyn Kenyon

Informação:
Edição/reimpressão - 2011
Páginas - 304
Editor - Edições Chá das Cinco
ISBN - 9789897100062
Idioma - Português

Sinopse:
Valério é um Predador da Noite romano desprezado pela maioria dos predadores gregos que alimentam um profundo ódio à civilização que o viu nascer. De origem aristocrática e arrogante, Valério mal sabe o que pensar quando conhece Tabitha Devereaux. Ela é sensual, imprevisível e incapaz de o levar a sério. Mas é também irmã gémea da mulher do seu maior rival.
A única coisa que Tabitha leva a sério é matar vampiros. E agora terá de enfrentar, junto com o predador romano, o mais mortífero de todos os seus inimigos… uma ameaça acabada de regressar do mundo dos mortos. Para vencer este mal, Valério precisa de aprender a confiar em alguém e pôr tudo em risco para proteger o homem que odeia e a mulher que o leva à loucura.

[COMPRE ESTE LIVRO NA WOOK]

-----

Opinião:

Bem, que livro! Eu com esta autora já é sempre a mesma coisa, pego nos livros e não os consigo deixar até acabar. Este não foi excepção, e devo dizer que adorei.

Em primeiro lugar, porque estava já bastante curiosa quanto à personagem do Valério (porque é que nos outros livros se referem a ele como Valerius, e neste lá decidiram dar-lhe o nome português?), pois era a "ovelha negra" de toda a gente: O Kyrian odeia-o de morte, o Julian faz-lhe companhia, o Zarek junta-se à festa... Enfim, só se conhecia o personagem através das que o odeiam, e queria, de uma vez por todas, saber a história através do próprio. E não é que acabei por gostar bastante do Valério?

Ele é, como todos os outros Predadores da Noite, um homem atormentado. Mas todos os outros, no meio das suas desgraças pessoais, sempre conseguiram encontrar amizade e companheirismo uns nos outros, enquanto que Valério apenas tinha solidão (nem o escudeiro é capaz de lhe dirigir uma palavra simpática). Ora, juntando umas boas centenas de anos disto, era de esperar que ele fosse um homem arrogante, antipático e outras coisas simpáticas. E até o é, pelo menos até conhecer Tabitha, que lhe consegue trazer todas as suas qualidades boas à superfície.

No geral gostei bastante do livro. Já não há aquele aspecto que estava presente nos primeiros livros de alguma "resistência" para partir para a parte sexual, mas também não é por isso que a história deixa de ser interessante. Aliás, neste livro aconteceu tanta coisa, que quando eles se lembravam de se "distrair" um bocadinho, era uma pausa agradável de todos os momentos "eu não acredito que isto aconteceu" que vão surgindo ao longo da história. Que neste livro, foram bastantes!

Outro personagem sobre o qual eu também sempre estive bastante curiosa é o Nick. Eu sabia que lhe acontecia alguma coisa importante, e andei a esforçar-me ao máximo para não me spoilar. E consegui! Não estava mesmo à espera que fosse isto. Mas, em relação a outra coisa que acontece, devo dizer: coitadinho do Nick. Tem uma pontaria mesmo muito má!

O Acheron e a Simi continuam, como sempre, a trazer grandes momentos à história. Mal posso esperar para ler o livro sobre o Acheron, mas eu sou teimosa e só o vou ler depois dos outros todos que estão antes! Até lá, de certeza que vão aparecer muitas mais personagens para ele decidir dar imortalidade de um momento para o outro (quem já leu os outros sabe que já é um aspecto recorrente lol).

E quanto ao resto não comento mais nada, só dou um conselho. Quando o lerem, agasalhem-se um bocadinho, porque o Inferno gela de tal maneira e tantas vezes neste livro, que o frio é capaz de chegar cá acima!

4 comentários:

  1. este é o livro que eu gosto de chamar "O Fim do Mundo em Cuecas", porque a partir daqui as coisas começam mesmo a azedar.
    se gostas tanto do Nick e estás curiosa, devias de ler a saga dele (ainda não há tradução) ... ficas mesmo a conhecer a personagem e também o porquê de certas coisas, para além que vê o inicio, como é que ele começa a relacionar-se com o Kyrian e com o Ash ... e até com a Tabitha.
    mas voltando ao livro do Valérius (e é Valérius, nada dessa treta de Valério) ... é simplesmente genial ela ter juntado duas personagens completamente opostas, mas que no fim são perfeitas uma para a outra. confesso que quando peguei no livro dele pela primeira vez fiquei apreensiva porque não era uma das personagens que me chamava a atenção, mas gostei bastante.
    quanto ao livro do Ash ... lê-o na ordem correcta, acredita. eu li-o depois do Dança com o Diabo e apanhei todo o tipo de spoilers que não aconselho a ninguém.
    *

    ResponderEliminar
  2. Pois já várias pessoas me disseram que se spoilaram à grande com o livro dele, e eu como odeio spoilers, vou mesmo esperar lol

    E quanto à saga do Nick, eu bem que a quero ler (já estive para encomendar os livros mais do que uma vez), mas também tenho receio de depois descobrir coisas que ainda não se soube nos livros que já foram traduzidos cá :S

    ResponderEliminar
  3. o primeiro livro do Nick, segundo a autora, deve de se ler depois do livro do Kyrian ... não tem qualquer spoiler em relação á saga dos Predadores. o segundo, ainda não sei, porque ainda não me dei ao trabalho de ver o que ela disse sobre ele ...

    ResponderEliminar
  4. Bem, eu agora vou ser mázinha e perguntar... Porque é que esta crítica não está no Creative?? :P

    ResponderEliminar