terça-feira, 31 de maio de 2011

Dia 31 – Personagem Literária Que Nunca Devia Ter Sido Criada

Ariella Montero, A Sociedade do Sangue

Não há imagem para a rapariga, por isso este post fica um pouco vazio. Justifico a minha escolha com o facto de, na minha opinião, a personagem estar tão mal construída (ainda por cima sendo a protagonista), que mais valia estar ainda na cabeça da autora a amadurecer mais um bocadinho antes de vir cá para fora. Ou ficar lá mesmo definitivamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário