sexta-feira, 6 de maio de 2011

Opinião #23: "Se Eu Ficar" (Livro)

- SE EU FICAR -

Capa:

Autora:
Gayle Forman

Informação:
Edição/reimpressão - 2010
Páginas - 216
Editor - Editorial Presença
ISBN - 9789722343183
Colecção - Noites Claras
Idioma - Português

Sinopse:
Naquela manhã de Fevereiro, quando Mia, uma adolescente de dezassete anos, acorda, as suas preocupações giram à volta de decisões normais para uma rapariga da sua idade. É então que ela e a família resolvem ir dar um passeio de carro depois do pequeno-almoço e, numa questão de segundos, um grave acidente rouba-lhe todas as escolhas. Nas vinte e quatro horas que se seguem, Mia, em estado de coma, relembra a sua vida, pesa o que é verdadeiramente importante e, confrontada com o que faz com que valha mesmo a pena viver, tem de tomar a decisão mais difícil de todas.

[COMPRE ESTE LIVRO NA WOOK]

-----

Opinião:

Eu sou um pouco suspeita para comentar livros deste género, porque é um tema que sempre me interessou: o que está para além da morte (parece um pouco mórbido, mas sempre me suscitou curiosidade).

E este livro é uma boa abordagem desse tema, sem aspectos de fantasia à mistura. Basicamente, é o contar de uma situação que pode acontecer a qualquer um de nós: de um minuto para o outro, tudo aquilo que conhecemos e todos os sonhos que temos para o nosso futuro, serem-nos retirados por um acaso do destino. Esta é a história de Mia, uma rapariga a quem tudo isso aconteceu, mas que pode, em parte, recuperar tudo isso, se escolher enfrentar a vida sozinha, ou deixar tudo para trás, e atravessar para o outro lado.

Mesmo que o tema seja um pouco forte, a leitura torna-se leve, pois todo o livro (que não é dividido em capítulos, mas sim em períodos de tempo durante as cerca de 24 horas em que decorre a história) é um reviver da história de Mia. Através das suas recordações, temos acesso a uma boa parte dos grandes momentos da sua vida, e, em paralelo, acompanhamos aquilo que acontece no presente, com Mia em estado grave num coma.

Gostei bastante do livro, e a escrita da autora é bastante fluída, mas fiquei um pouco desiludida com o final. Tanto na sinopse como nas reacções que Mia vai tendo ao longo do livro, ficamos com a ideia de que, chegando ao final, ela vai ter de fazer uma escolha por si própria, quando, na minha opinião, ela é "puxada" para uma das opções, e essa mesma decisão está fora das suas mãos.

Mesmo assim, é uma boa leitura, que, quanto mais não seja, sempre nos vai abrindo um pouco os olhos para aquilo que pensamos que acontece apenas aos outros, mas que pode acontecer quando menos esperamos. A vida é uma dádiva que, por muito longe ou perto que esteja, tem sempre um prazo de validade.

3 comentários:

  1. posso postar esta opiniao no blog do PC?

    ResponderEliminar
  2. Se não te importares de pôr lá o meu nome ou um link aqui para o blog, estás à vontade :)

    ResponderEliminar
  3. claro que meto =)

    o link e que eu nao costumo por, mas meto agora

    ResponderEliminar