sexta-feira, 17 de junho de 2011

Opinião #36: "O Despertar das Trevas" (Livro)

- O DESPERTAR DAS TREVAS -

Capa:
Autora:
Karen Chance

Informação:
Edição/reimpressão - 2010
Páginas - 304
Editor - Edições Gailivro
ISBN - 9789895576944
Colecção - 1001 Mundos
Idioma - Português

Sinopse:
Cassandra Palmer consegue ver o futuro e comunicar com espíritos - dons que a tornam atraente para os mortos e mortos-vivos. Os fantasmas dos mortos não costumam ser perigosos; apenas gostam de conversar… e muito. Os mortos-vivos já são outra conversa.
Tal como qualquer rapariga sensata, Cassie tenta evitar os vampiros. Mas, quando o mafioso sugador de sangue a quem fugira há três anos a reencontra com intuitos de vingança, Cassie é obrigada a recorrer ao Senado dos vampiros em busca de protecção. Os senadores dos mortos-vivos não irão ajudá-la sem contrapartidas. Cassie terá de colaborar com um dos seus membros mais poderosos, um vampiro mestre perigosamente sedutor. E o preço que ele exige poderá ser superior ao que Cassie está disposta a pagar…

[COMPRE ESTE LIVRO NA WOOK]

-----

Opinião:

Em primeiro lugar, devo dizer que gosto sempre de livros que não se resumem ao que está descrito na sinopse. Muitas das vezes, antes de ler um livro, vou com a ideia que tenho da sinopse na cabeça e se a história não se afasta muito disso, fico com a sensação de que foi um desperdício de tempo, pois podia ter lido só o resumo e ficava-me por aí. Neste caso isso não aconteceu, pois há bastante mais informação e acontecimentos a decorrer ao longo do livro (talvez não da melhor maneira, mas já lá iremos), e mesmo o que estava incluído na sinopse não aconteceu da maneira que tinha inicialmente previsto.

Muito resumidamente, Cassandra é uma vidente que consegue comunicar com fantasmas, e há toda uma panóplia de pessoas que andam atrás dela por esse motivo, mas não pelas mesmas razões. Uns querem protegê-la, para depois poderem usar os seus poderes em seu proveito, e outros querem saltar essa parte da protecção, que por vezes se torna mais maçadora do que proveitosa, e seguir logo para a parte de usá-la para seu bel-prazer. Ou então querem simplesmente matá-la, mas isso seria um desperdício.

Achei o livro uma boa introdução à série, pois são apresentados vários aspectos da história que dá para perceber bem que ainda vão dar, como se costuma dizer, "pano para mangas". Se há coisa que não gosto em séries é andar-se a esticar histórias que não têm flexibilidade nenhuma, simplesmente porque séries é o que dá dinheiro, e neste caso fiquei curiosa para ver resolvidos alguns pontos deixados em aberto, por isso foi positivo.

Outra coisa de que gostei bastante foi a inclusão de personagens "históricas" no livro, acabando assim por ser uma justificação de certos aspectos duvidosos da sua vida ou o seu desaparecimento misterioso. Há assim uma pequena fusão da realidade com a ficção, tendo a autora tomado liberdade criativa para dar um novo final mais paranormal a essas pessoas que existiram na nossa História, como é o facto de Jack, o Estripador (adorei vê-lo como vampiro, pena ter aparecido pouco), e Rasputine, o místico russo. Há ainda a referência a uma outra história de que eu gosto bastante, mas como é mais para o final do livro não digo directamente qual é, que não gosto de dar spoilers (mesmo que este não seja muito essencial para a storyline em si). Mas é uma história que já foi adaptada ao cinema, e o Leonardo DiCaprio é um dos actores.

Agora, aspectos negativos. Embora eu goste de livros em que a acção seja uma constante, e não se guarde para o fim os acontecimentos mais importantes, neste caso talvez tenha sido um pouco extremo. A mim pessoalmente não me afecta muito este tipo de coisas, mas mesmo assim chegou a fazer-me por várias vezes confusão o facto de num parágrafo estar tudo bem, e no outro estar já quase toda a gente quase a morrer (o que, acreditem, acontece bastante), ou em que se passam páginas e páginas a apreender informação. Novamente, isto a mim não me faz muita diferença (até prefiro assim do que do outro lado da escala, em que não se sabe de nada), mas tenho noção de que a outras pessoas pode parecer maçador. Talvez fosse preciso um maior esforço para suavizar as transições entre cenas e não tornar os momentos em que se passa informação essencial ao leitor tão "carregados".

E, para acabar, um aspecto em que eu ainda me ri bastante a ler. Sim, eu sei que hoje em dia os romances paranormais tendem cada vez mais a ter uma componente sexual forte, mas é um facto que nem todos os autores conseguem lidar com a escrita desse tipo de cenas da melhor forma. Há uma cena desse género neste livro, e a melhor analogia que eu consigo usar para explicar o quanto a achei hilariante (não propriamente da forma positiva), é a de uma lanterna cujas pilhas estão prestes a acabar. Não acho normal que durante uma cena de quase-sexo (sim, porque passam páginas, e páginas, e páginas naquilo e a coisa não se dá), num segundo estejam muito bem os dois nos seus preliminares, mas no segundo seguinte estejam a ter uma conversa de teor super sério e deixem tudo o resto de lado, para depois como se nada fosse voltarem ao que estavam a fazer. E quantas e quantas vezes isto acontece, parece mesmo que alguém lhes estava a ligar/desligar o interruptor, ou que por muito que estivessem a tentar, as pilhas simplesmente já não dessem para fazer nada.

Concluindo, gostei bastante do livro, mas tenho plena noção dos defeitos que outras pessoas lhe podem encontrar, mas que para mim não afectam a leitura. Vou com certeza continuar a ler a série (isto é, se a editora mo permitir, dado que já há mais de um ano que este saiu, e sem sinais do segundo ainda à vista. Mas se em português não for, em inglês será de certeza), e esperar que o ritmo abrande um bocadinho, mas que não se quebre totalmente.

2 comentários:

  1. uh, agora fiquei curiosa sobre o filme do Leo a que te referes.
    O segundo volume sai em Agosto, quase dois anos depois desse ter sido lançado.

    ResponderEliminar
  2. Por acaso é um dos filmes em que ele entra de que eu gosto mais, mas também ajuda o facto de um dos meus actores favoritos também fazer parte do elenco lol (tu leste o livro não leste? Se sim, deves saber a que me refiro :P)

    E também já tinha lido algures que saía em Agosto, mas como nunca mais vi mais nada sobre isso fiquei na dúvida se sempre ia ser lançado ou não.

    ResponderEliminar