sábado, 13 de agosto de 2011

Opinião #44: "Perfect Formation" (Livro)

- PERFECT FORMATION -

Capa:
Autora:
K.B. Alan

Informação:
Edição/Reimpressão - 2010
Páginas - 206
Editor - Ellora's Cave Publishing
ISBN - 9781419961878
Idioma - Inglês

Sinopse:
Friends for much longer than they've been lovers, Taryn and Richard enjoy each other's company while looking for "Mr. Right". When the darkly handsome Caleb walks into their lives, the sexual attraction is instant and mutual-for all three. Caleb wines and dines them then shows them how good it can be if they trust him to lead the way. One night is all it takes to prove that the three of them are a perfect match, at least in the bedroom.

Taryn has to decide if explosive sex and the feelings quickly overtaking her are worth the risk of losing it all-again. Richard sees Caleb and Taryn as the perfect couple but isn't so sure there will always be room for him in their ménage a trois. Sexual dominant Caleb has to suppress his urge to tie them to the bed until they understand that they both belong with him-forever. But if they don't come around soon, he'll be pulling those ropes out after all.

[COMPRE ESTE LIVRO NA WOOK]

-----

Opinião:

Considerei durante algum tempo se deveria escrever a minha opinião sobre este livro ou não, pois não é propriamente dentro do género da minha leitura habitual. Mas já que também não tenho muito a dizer sobre ele, aqui fica, para pelo menos ficar com um registo continuado daquilo que tenho lido.

A primeira coisa que eu pensei assim que comecei a leitura foi: "Isto parece-me tanto uma fan-fiction mal desenvolvida". E era impossível não fazer essa comparação, pois surge logo nas primeiras páginas algo que é difícil de ignorar: as personagens principais conhecem-se, e quase sem razão aparente já estão praticamente a consumar algo que mais parece uma relação de longa data. Se eu disser que passados cinco minutos de se conhecerem já estavam a discutir vários aspectos das vidas sexuais uns dos outros, acreditam em mim?

É óbvio pelo tipo de livro que é que não vamos propriamente ter direito a um longo processo de romance e conquista, mas pelo menos um par de páginas para as personagens se conhecerem já não era mau. Já vi isto acontecer mais vezes do que aquelas que posso contar ao ler fan-fictions, e é algo que não me agrada ler num livro publicado, pois qualquer que seja o tema, quem escreve fics sempre se pode esconder atrás do facto de que não é um escritor profissional.

Enfim, passando à frente. A premissa do livro é bastante básica. Taryn e Richard são amigos, que ainda não encontraram as suas caras metades. Numa dada altura da sua amizade, decidiram que enquanto não as encontrassem, ou até derivado de puro aborrecimento, iriam levar a sua amizade para um nível mais físico. Tudo isso tem resultado ao longo dos anos mas falta-lhes alguma coisa, até que quase caído dos céus surge Caleb, o homem que parece ser a peça que falta neste puzzle.

Fora o aspecto inicial que já referi, até gostei da relação que surge entre estes três personagens. Não tenho nada a apontar à escrita da autora nas cenas de "manifestação física" dessa mesma relação (por mais do que uma vez estive quase para abrir uma janela, pois podia jurar que a temperatura de minha casa tinha aumentado), mas nota-se um certo esforço para desenvolver a relação emocional entre os três. Notei que existiam alguns aspectos que poderiam ser mais desenvolvidos, mas foram colocados de parte, ou abordados muito por alto.

Outro defeito que tenho a apontar foi o facto de a autora ter tentado (e sublinho a palavra "tentado") incluir um aspecto policial ao livro, mas falhado redondamente. A meio da história há alguém que invade a casa de um dos personagens e comete vários actos de vandalismo, e é dada uma importância tal à descoberta da identidade dessa pessoa e da resolução desta situação, quando no final nada acrescentou à história (não que me surpreendesse, mas mesmo assim esperei algo melhor).

Concluindo, este livro não foi propriamente uma desilusão, pois eu já para começar não tinha qualquer tipo de expectativas em relação a ele, tendo plena noção de que é um ramo da literatura do qual não se pode pedir muito. É uma leitura leve (lê-se praticamente numa tarde), e é bom para intercalar entre livros mais densos. Nem que seja por isso, e pela "novidade" de ler uma história em que três pessoas tentam assumir perante a sociedade uma relação séria, valeu a pena.


*Recebi este livro gratuitamente através do Goodreads First Reads, o que de nenhuma forma influenciou a minha opinião acerca do mesmo.

Sem comentários:

Enviar um comentário